Vítima do fretado tem alta e descobre morte dos amigos - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           DESTAQUE

Vítima do fretado tem alta e descobre morte dos amigos

DESTAQUE, TRAGEDIA KM 84

Deni Koch ficou internado 15 dias em Mogi. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Deni Koch ficou internado 15 dias em Mogi. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Deni Koch, 17 anos, chegou a Barra do Una no início da tarde de ontem, após 15 dias de internação na Santa Casa de Mogi. Ele é um dos sobreviventes da tragédia com o fretado da linha 12, que tombou no último dia 8 de junho, na Rodovia Mogi-Bertioga (SP-98), causando a morte de 17 universitários e do motorista. O hospital informou que ele passou por cirurgia na segunda-feira no dedo fraturado, mas pode se recuperar em casa.

O estudante de Sistema de Informações mora com o pai Ademir Koch e a mãe Marlene Policárpio. “Ele não é muito de demonstrar os sentimentos. Agora está um pouco abalado, mas logo ficará recuperado”, afirma o pai, que contou a O Diário que o filho soube da morte dos amigos quando chegou em casa, após questionar no caminho até Barra do Una se apenas o motorista havia falecido – única informação passada a ele até então.

“Esperava contar a ele sobre a morte dos amigos por meio de psicóloga, mas hoje ela não tinha horário, então resolvi falar. Ele ficou triste, mas está começando a aceitar o que aconteceu”, disse Ademir. O pai relembrou a tragédia enquanto dirigia pela Mogi-Bertioga. “Estou muito feliz de trazer meu filho de volta para casa, mas ainda triste pelos pais que não tiveram a mesma sorte”, finalizou.

Internados
Daniel Silva Santos, 18, está no Hospital São Sebastião, com boa evolução, mas sem previsão de alta. Erick Augusto Pedralli permanece na UTI do Hospital Santo Amaro, no Guarujá, também em boa evolução e respirando sem aparelhos. Miliane dos Santos, 31, se encontra na Santa Casa de Mogi, começou a usar colete para a fratura na coluna ontem e deve ter alta médica até a sexta-feira.

Já em Santos, em estado grave, porém estável, Felipe Ferreira da Silva, 17, segue na UTI neurológica. A última vítima internada no Luzia de Pinho Melo, sem divulgar a identidade, recebeu alta na segunda-feira.

NATAN LIRA

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone