Unidade central do Correios de Mogi é alvo de criminosos - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           DESTAQUE

Unidade central do Correios de Mogi é alvo de criminosos

DESTAQUE, Policia

A quadrilha levou R$ 30 mil, diversos objetos e documentos, também dos clientes e funcionários. (Foto: Eisner Soares)

A quadrilha levou R$ 30 mil, diversos objetos e documentos, também dos clientes e funcionários. (Foto: Eisner Soares)

LAÉRCIO RIBEIRO
Cinco bandidos participaram ontem, por volta das 10 horas, do assalto à Agência dos Correios, na Rua Ricardo Vilela, na região central de Mogi das Cruzes. No início da noite de ontem, representante dos Correios ainda não havia procurado o Distrito Central para formalizar a queixa do crime, pois estariam fazendo uma auditoria, mas no meio policial surgiu a informação que a quadrilha levou R$ 30 mil, diversos objetos e documentos, também dos clientes e funcionários.

A tenente Brenda Castro, do Comando de Força Patrulha, disse à imprensa que o bando agiu às 10 horas logo depois de a agência abrir para atendimento. O grupo não efetuou qualquer disparo e roubou o dinheiro do cofre.

Segundo ela, será realizado levantamentos para encontrar imagens da ação dos criminosos em câmeras, do sistema de monitoramento da Prefeitura Municipal, e de estabelecimentos comerciais próximos.

Os assaltantes não demonstraram extrema violência, mas fizeram ameaças. No interior dos Correios se comportavam como conhecessem a parte interna do prédio. Eles fugiram em um veículo parado nas imediações.

A Polícia Civil deve comparar se o assalto de ontem, à Agência dos Correios foi praticado pelo mesmo bando que invadiu uma loja no Centro de Mogi em setembro.

Marginais são suspeitos
A Polícia Civil ainda vai verificar se a quadrilha que agiu, ontem de manhã, na Agência do Correio, em Mogi, trata-se da mesma que agiu, às 8h30, de 23 de setembro, na loja da Casas Bahia, localizada no “Calçadão da Deodato”, no Centro de Mogi.

Dois dos marginais armados entraram no estabelecimento pela porta lateral, renderam funcionários e roubaram vários celulares de marcas diferentes. Os demais comparsas ficaram do lado de fora. O prejuízo foi calculado em mais de R$ 20 mil. O crime ainda está sendo apurado pelo Setor de Investigações, do Distrito Central.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone