União vê virada em Guaratinguetá - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           ESPORTES

União vê virada em Guaratinguetá

Esportes

GERSON LOURENÇO
Não tem nada perdido. A diretoria do União passa muita tranquilidade e confia na força do elenco para reverter mais uma desvantagem e se classificar para a decisão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão e, automaticamente, garantir o tão sonhado acesso para a Série A-3 de 2018. O alvirrubro terá que vencer o Manthiqueira no segundo e decisivo duelo da semifinal, no próximo sábado, em Guaratinguetá, para seguir vivo no estadual. Por ter a melhor campanha, o time do Vale do Paraíba necessita de um simples empate para avançar.

Tudo porque os times empataram em 0 a 0, o primeiro jogo da semifinal, realizado no Estádio Municipal Francisco Ribeiro Nogueira, o Nogueirão, na Vila Industrial, anteontem pela manhã.

Na outra semifinal, o São Bernardo deu um grande passo paro acesso ao derrotar o Osasco, por 3 a 0, fora de casa, na última sexta-feira. Neste final de semana, o time do Grande ABC joga em casa com a vantagem do empate e podendo perder por três gols de diferença.

Para o presidente Osmar Novaes não tem nada perdido. “Nosso time joga melhor foras de casa. Se o Manthiqueira jogar para empatar, vai perder. Nós (União) e o São Bernardo vamos decidir o título”, afirmou ontem o cartola.

Para ele, o segundo jogo será um “repeteco” das partidas contra o Sãoi José, nas quartas de final. “O São José tinha a vantagem do empate e só precisaria vencer o segundo jogo em casa. Fomos lá e ganhamos, como vamos fazer com o Manthiqueira”, garantiu Novaes.

A taxa elevada de otimismo de Novaes tem uma explicação: “O União joga melhor fora de casa do que em Mogi. Buscamos vários resultados positivos q uando o mando era do adversário. Estou confiante na classificação”, sacramentou o presidente do União.

O jogo
No duelo do último domingo (10), União e Manthiqueira fizeram um início de jogo tenso e de muitos estudos. Os times não deram espaço ao adversário e criaram poucas chances de gols. O alvirrubro tinha mais domínio de bola e iniciativa. Mas o grupo do Vale do Paraíba se fechou atrás e segurou o resultado.

Apesar das poucas chances, foi o União que criu e desperdiçou quatro oportunidades. Mas o time sempre parou no goleiro Adalberto, o destaque do confronto. Ainda na primeira etapa, ele defendeu duas bolas no reflexo em finalizações de Ninão, após cruzamento de Igor, pela direita.

No segundo tempo, o União continuou melhor. Aos nove minutos, após boa jogada do ala William, Ninão se esticou mas não alcançou a bola após o cruzamento para completar a jogada em gol.



Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone