Profanação

O Dia de Finados, dia dos mortos, foi mais uma vez ridicularizado de uma forma violenta e selvagem através da Marcha “Zumbi” em São Paulo. Travestidos de caveiras, monstros, mortos-vivos e outras figuras ensanguentadas e mutiladas, participantes deram um espetáculo de sacrilégio do corpo humano. Dessacralizar e profanar o sagrado têm sido o objetivo desse movimento e outros.

Marcelo de Lima Araújo
marcelodelimaaraujo@yahoo.com.br

Natan Lira

Natan Lira

Deixe seu comentário

Últimas