Polícia prende quadrilha suspeita de roubo a residências - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           DESTAQUE

Polícia prende quadrilha suspeita de roubo a residências

DESTAQUE, Policia

Seis integrantes de uma quadrilha que se passavam por funcionários públicos para assaltar residências e estabelecimentos comerciais, além de traficar drogas, no Alto Tietê e em outras regiões do Estado foram presos ontem. São eles: Alef Tavares Ferreira, Antonio Carlos da Silva, Sandro Ricardo Cruz, Edson Kazuyuki Mikaki, Alex Alves dos Anjos e Diemerson Ferreira da Silva.

Quatro deles foram surpreendidos dentro de um carro na Rodovia Mogi-Dutra, que estava bloqueada por três viaturas e 10 policiais da Polícia Civil. No interior do veículo, foram encontrados vários produtos roubados, como 14 relógios, bijuterias e dinheiro. Com o grupo, a Polícia também apreendeu objetos usados pra praticar roubos, como 20 chaves michas, uma touca ninja, um revólver calibre 38 com numeração raspada e munições.

Segundo o delegado Alexandre Batalha, titular do 3º Distrito Policial, em César de Souza, a quadrilha voltada da cidade de Aparecida, no Vale do Paraíba, onde havia cometido um roubo e, no veículo estavam os objetos que pertencem a uma senhora que teve a casa invadida por eles. Os suspeitos vestiam uniformes de funcionários públicos de prefeituras para ter acesso aos comércios e residências. “Eles usavam camisetas de prestadores de serviço de água e esgoto, o que facilitava o acesso e vinham praticando diversos crimes na Região, em Poá e também em São Paulo. Eles planejavam outros crimes, inclusive o roubo a uma empresa de vidros em César de Souza”, disse o delegado.

A quadrilha vinha sendo monitorada pelo serviço de inteligência da Polícia Civil de Mogi há 2 meses. Mais dois integrantes do bando também foram presos – um em Mogi e o outro em Suzano. No final da tarde, as viaturas chegaram à Delegacia com mais dois suspeitos. Segundo a Polícia, um dos suspeitos, apesar de fazer parte da quadrilha, trabalha como gerente de supermercado e estava em um carro com placa adulterada. “Ele fornecia informações à quadrilha e muitas vezes ele ia junto no assalto, dando carona aos comparsas”, disse Batalha, contando que o carro com placas adulteradas foi flagrado por câmera de monitoramento em um dos assaltos. Além dos roubos a casas e no comércio, a Polícia diz que a quadrilha está envolvida em furto e tráfico de drogas.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone