Perigo nas lombadas - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CARTAS

Perigo nas lombadas

Cartas

Em 12 de abril deste ano, a Administração Municipal lançou a campanha Trânsito Seguro – Mogi pela Vida, tendo espalhado pela Cidade faixas de conscientização, pedindo cuidado com ciclistas, pedestres, observância aos limites de velocidade e respeito à sinalização viária.

Campanhas assim são importantes, mas o poder público precisa fazer a sua parte, coisa que não está ocorrendo a contento em nossa Cidade. Se a sinalização não estiver cem por cento em ordem, o trânsito, cada vez mais caótico com o volume de veículos em grande ascensão, torna-se perigoso. Nas ruas de Mogi é possível notar irregularidades como, por exemplo, ausência de sinalização vertical de parada obrigatória em cruzamentos, placas sujas e até ilegíveis precisando de banho, placas desbotadas dificultando a visualização, outras encobertas por galhos e folhagens, sinalização horizontal apagada, lombadas com pintura desgastada, etc. E por falar em lombadas, é preciso que a Prefeitura adote medidas urgentes para renovação da pintura de muitas delas, como determina a Resolução número 600 do Contran, de 24/05/2016. As marcas oblíquas pintadas na cor amarela estão completamente apagadas em lombadas do Socorro, nas ruas Jair Salvarani (defronte à Escola Camilo Faustino de Mello), Rogério Tácola (defronte à Emei Benedito Estelita Mello) e na Avenida Santa Rita. O trânsito só vai melhorar se todos colaborarem, inclusive o poder público, que precisa dar o exemplo.

Paulo Sérgio da Silva Pimentel
paulopimentel@yahoo.com.br

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone