Novas apostas são maçã e salmão modificados - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           PANORAMA

Novas apostas são maçã e salmão modificados

Panorama

SÃO PAULO

A empresa Intrexon, dona da Oxitec e de outras empresas de tecnologia, pretende, além de ampliar a oferta de insetos transgênicos, trazer novos produtos para a América do Sul e para o Brasil. A maçã que não escurece e o salmão que cresce mais rápido são dois deles.

Os alimentos foram modificados em laboratório para ganhar valor nas prateleiras do mercado e, dizem os executivos da empresa, até mesmo reduzir o impacto ambiental e o desperdício de comida.

No caso das maçãs (já comercializadas nos EUA e no Canadá), a expressão de uma enzima foi reduzida. Essa enzima, em maçãs comuns, age em resposta ao contato com o oxigênio atmosférico, provocando o envelhecimento natural da fruta – no ambiente selvagem, é algo importante para a viabilidade das sementes.

Outro produto que a Intrexon deseja expandir para além da América do Norte é o salmão AquAdvantage da AquaBounty, outra companhia do grupo. Essa variedade do peixe cresce em cativeiro mais rapidamente que o animal convencional, requerendo 25% menos comida.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone