Mogi precisa vencer para deixar ‘lanterna’

Somente com vitória o time sobrevive na Copa Paulista. (Foto: Eisner Soares)
Somente com vitória o time sobrevive na Copa Paulista. (Foto: Eisner Soares)

GERSON LOURENÇO 
Mais uma vez, a AD Mogi Futsal vai tentar fazer valer o fator casa para se reabilitar na Copa Paulista de Futsal. O time mogiano teve uma rodada boa apenas na estreia e agora vai fazer o duelo dos “lanternas hoje, às 19h45, no Ginásio do Cempre, no Botujuru, no terceiro confronto na competição. Diante do Indaiatuba, será o segundo da série de três jogos que a equipe do técnico Willer Fernandes vai fazer diante dos seus torcedores.

Apos iniciar a competição com empate em 1 a 1 diante do Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, o Mogi recebeu o Dracena e foi goleado, por 4 a 0, no último dia 29, no ginásio do Botujuru.

Com o resultado, inesperado, o time mogiano terá que vencer o pega de hoje para seguir com chances de classificação para a próxima etapa. O Mogi, após duas rodadas, divide a última colocação do grupo B com o Indaiatuba. Que somaram apenas um ponto em duas rodadas.

Para avançar na competição, a meta do time mogiano era de aproveitar os jogos em casa. Dos cinco programados para a primeira fase, o Mogi conseguiu o mando de três confrontos.

Como perdeu do Dracena, o time terá que vencer o Indaiatuba hoje, arrancar pontos frente ao São José, na rodada do dia 1 de novembro, e no Vale do Paraíba, e ainda superar o Uniara (Araraquara), no dia 8 do próximo mês, no Botujuru.

Pelo regulamento, os times vão se enfrentar dentro dos grupos em turno único. Após os confrontos, os quatro primeiros de cada chave avançam para a etapa quartas de final. O lídser do grupo é o São José, com 4 pontos em duas partidas, ao lado do Guaratinguetá. O Dracena possui 3 pontos, enquanto o Uniara está com dois.