Mais duas crianças vítimas do incêndio em Janaúba deixam hospital - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           PANORAMA

Mais duas crianças vítimas do incêndio em Janaúba deixam hospital

Panorama

Um segurança da escola é o principal suspeito de ter ateado fogo nas crianças, disseram os bombeiros. Depois de jogar gasolina nos alunos e provocar as chamas, ele teria ateado fogo no próprio corpo. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Um segurança da escola é o principal suspeito de ter ateado fogo nas crianças, disseram os bombeiros. Depois de jogar gasolina nos alunos e provocar as chamas, ele teria ateado fogo no próprio corpo. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

AGÊNCIA ESTADO
Mais duas crianças vítimas do incêndio na creche Gente Inocente, em Janaúba, Região Norte de Minas, e que estavam internadas em Belo Horizonte voltam para casa nesta quarta-feira, 11. Ambas ainda estão no Hospital Municipal Odilon Behrens, para onde foram transferidas no dia 6, mas apenas aguardando transporte de retorno para Janaúba, o que deve ocorrer ainda nesta tarde.

Os pacientes que deixam a unidade de saúde hoje são Sarah Emanueli, de cinco anos, internada por inalação de gases, e Daniel de Jesus, de quatro anos, hospitalizado pelo mesmo motivo Sarah foi liberada nesta terça-feira, 10, mas permaneceu no Odilon Behrens pela falta de transporte para casa. Daniel teve alta nesta quarta-feira.

Segundo boletim médico divulgado há pouco, os dois pacientes deixarão o hospital “em bom estado geral”.

O hospital previu ainda, para os próximos dias, a alta de mais uma criança vítima da tragédia, Artur Souza Oliveira, de dois anos.

O incêndio na creche foi provocado pelo vigia da escola, Damião Soares dos Santos, de 50 anos ,na última quinta-feira, 5. Onze pessoas morreram: nove crianças, uma professora e o autor do crime.

Com as altas de hoje, sobe para três o número de crianças da creche vítimas do incêndio, transferidas para hospitais de Belo Horizonte, e que voltam para casa.

A primeira alta foi de criança que estava internada no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, para onde foram encaminhados os casos mais graves. O hospital não informou o nome da criança, que deixou nesta terça-feira, 10, a unidade de saúde.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone