Justiça condena homem acusado de estrangular mulher a 18 anos e meio de prisão - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           DESTAQUE

Justiça condena homem acusado de estrangular mulher a 18 anos e meio de prisão

DESTAQUE, Policia

LAÉRCIO RIBEIRO
No julgamento após 10 anos do crime, no Fórum de Bertioga, Carlos Welbert Amarildo Carvalho, de 42 anos, foi condenado, na noite desta segunda-feira, a 18 anos e 6 meses de reclusão por homicídio qualificado. Ele nega, mas os jurados o reconheceram como o autor da morte da esposa dele, Vani da Costa, de 31 anos. Em 23 de novembro de 2007, ela teria sido dominada após sair do serviço, na Indústria NGK e levada à força para o Litoral, onde no dia seguinte foi encontrada estrangulada em uma praia.

A defesa de Carlos Welbert vai recorrer da sentença. O criminalista José Beraldo com apoio dos advogados Célia Menezes de Melo e José Carlos Franco de Faria, atuou como assistente do Ministério Público. Ele reprovou o fato de a Justiça permitir que o réu recorra da pena em liberdade. “A nossa lei é frouxa”, lamenta.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone