Jornalista mogiana é finalista do Prêmio Vladimir Herzog - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           INFORMAçãO

Jornalista mogiana é finalista do Prêmio Vladimir Herzog

Informação

A jornalista mogiana, Jamile Santana, repórter do G1- Mogi das Cruzes e Suzano, é autora de duas reportagens que concorrem ao 39º Prêmio Vladimir Herzog de Direitos Humanos, cujo resultado final será divulgado no próximo dia 9 de outubro. Com o título “Políticas Públicas e a violência contra a mulher”, uma das matérias mostra o que falta em estrutura para as vítimas de violência no Alto Tietê. A repórter realizou um levantamento junto às cidades da Região, mostrou as deficiências ali existentes, mas não parou por aí. Também montou um guia com os serviços existentes nesta área para atender às mulheres vítimas da violência. Na reportagem “Mãos que sobrevivem – o que fica após as chacinas” – a qual ela não esconde o orgulho de ter realizado –, Jamile Santana faz um levantamento sobre as chacinas que deixaram 24 mortos e 40 baleados em Mogi das Cruzes, entre os anos de 2013 e 2015, as quais somente começaram a ser investigadas mais a fundo após cruzamento de dados e muita pressão dos órgãos de imprensa da Cidade. O trabalho jornalístico mostra de que maneira as mães têm acompanhado os inquéritos, quem foram as vítimas, quantos inquéritos foram concluídos, além de um mapa que revela, em detalhes, os locais da Cidade onde ocorreram os ataques. O Prêmio Vladimir Herzog de Direitos Humanos é um dos mais importantes da Imprensa brasileira e visa homenagear profissionais que trabalham pela promoção a democracia, da cidadania e dos Direitos Humanos e Sociais. Ao todo, a premiação engloba seis categorias. Jamile Santana e sua colega Fernanda Lourenço, responsável pela coordenação do G1 de Mogi e pela edição das reportagens, concorrem na categoria “Produção Jornalística em Multimídia”. A escolha dos vencedores escolhidos por júri especializado será feita em duas etapas, sendo que a final ocorrerá durante sessão pública, com transmissão ao vivo pela internet, dia 9 de outubro, na Câmara de São Paulo. A cerimônia de premiação será no dia 31 de outubro, às 20 horas, no Teatro Tucarena, também na Capital.

Sem Lula
Durou pouco a expectativa dos petistas locais com a anunciada vinda de Lula a Mogi das Cruzes. Nas últimas horas, o comando do PT mogiano recebeu do Instituto Lula a notícia de que o ex-presidente não virá mais à Cidade na segunda-feira, como era esperado, porque seus compromissos na Capital irão se estender durante todo o dia. Como na próxima semana o ex-presidente irá visitar, num ônibus, os estados do Nordeste, restou aos lulistas domésticos a promessa de que, logo após a viagem, as prioridades do político serão Mogi e Itaquaquecetuba. A conferir.

Zum-zum
Nos corredores da Câmara de Mogi comentava-se, durante a última terça-feira, a possível transferência do vereador Antonio Lino da Silva do PSD para o Muda Brasil, o novo partido que está sendo criado por iniciativa do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto (PR). Lino estaria insatisfeito com o tratamento que vem recebendo – ou deixando de receber – da agremiação na Cidade.

Franquia
O casal Felice Sakamoto e Welker Vicenzi Fernandes forma a dupla de franqueados do Mundo Cheff, a nova loja do Helbor Patteo Mogilar, que chega a Mogi neste sábado, com a proposta de facilitar a vida de cozinheiros amadores e profissionais da Região. Serão cerca de 1,2 mil itens entre utensílios domésticos, eletroportáteis, cutelaria e organização.

Acessibilidade
O presidente da Comissão de Direitos das Pessoas com Deficiência da 17ª Subseção da OAB de Mogi, advogado Frederico Augusto dos Santos Costa, anuncia para amanhã, às 10 horas, no Auditório da Casa do Advogado, no Centro Cívico, o projeto “Circulando Ideias”. Será uma roda de conversa sobre os direitos das pessoas com deficiência e lançamento do Selo Amigo da Acessibilidade, destinado às pessoas que colaborarem para melhoria das condições de acesso a locais públicos e privados da Cidade. A OAB irá buscar parcerias para ajudar na conscientização sobre o tema e divulgação do Selo.

Cotidiano

RELÍQUIA  A Variant TL, devidamente reformada, espera pelo proprietário, no interior de um estacionamento localizado na Rua Ricardo Vilela, no Centro. (foto: Edson Martins)

RELÍQUIA A Variant TL, devidamente reformada, espera pelo proprietário,
no interior de um estacionamento localizado na Rua Ricardo Vilela, no Centro. (foto: Edson Martins)

Frase
A Previdência tem de ser igual para todo mundo: servidor público, político, militar, e hoje não é.
Miguel Torres, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, em entrevista a este jornal

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone