Em setembro, indústria gera 200 vagas de emprego na Região - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CIDADES

Em setembro, indústria gera 200 vagas de emprego na Região

Cidades, DESTAQUE

Pelo sétimo mês consecutivo, resultado foi positivo no Alto Tietê.  (Foto: Divulgação)

Pelo sétimo mês consecutivo, resultado foi positivo no Alto Tietê. (Foto: Divulgação)

A indústria do Alto Tietê contabiliza sete meses consecutivos de resultados positivos, com um acumulado de 1,51% e a criação de 900 vagas. O nível de emprego industrial na Região registrou alta de 0,32% no mês de setembro, o que significou aumento de 200 postos de trabalho, segundo pesquisa divulgada ontem 10 pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

A indústria registrou o melhor setembro desde 2012, quando a Região criou 350 empregos. Desde então, o desempenho veio na decrescente até atingir -650, que foi o saldo de setembro do ano passado – auge da crise econômica. Neste ano, desde março o nível de emprego industrial dá sinais de recuperação, com variação acima da média estadual. No último mês, o Estado contabilizou índice de 0,08%, enquanto o da Região foi de 0,32% – o 11º no ranking das 36 regiões industriais de São Paulo.

“Os indicadores mostram que a economia brasileira reagiu e que caminhamos para deixar mais uma crise para trás. Embora ainda falta muito para um crescimento efetivo, essa reação tem contribuído para a retomada da confiança dos investidores, que é fundamental para os negócios”, avalia José Francisco Caseiro, diretor do Ciesp Alto Tietê.

“As expectativas para esse último trimestre do ano são positivas e o desempenho nesse período é o grande termômetro para o que será o ano de 2018”, acrescenta.

Em setembro, o nível de emprego industrial na Diretoria do Ciesp Alto Tietê – foi influenciado pelas variações positivas de Produtos de Metal, exceto Máquinas e Equipamentos (2,52%); Veículos Automotores e Autopeças (0,99%); Produtos Alimentícios (0,39%) e Celulose, Papel e Produtos de Papel (0,86%), que foram os setores que mais influenciaram o cálculo do indicador total da Região.

setor

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone