Ela trabalha com arte e inclusão - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CIRCUITO

Ela trabalha com arte e inclusão

Circuito

Sandra Marcondes da Silva é artista plástica e atua como agente de Responsabilidade Social no Sesi, desenvolvendo projetos artísticos e sociais, além de comandar o Ateliê Ephesus, um espaço que busca encantar por meio da arte. (foto: Eisner Soares)

Sandra Marcondes da Silva é artista plástica e atua como agente de Responsabilidade Social no Sesi, desenvolvendo projetos artísticos e sociais, além de comandar o Ateliê Ephesus, um espaço que busca encantar por meio da arte. (foto: Eisner Soares)

Desde a infância, a mogiana Sandra Marcondes da Silva, 37 anos, é encantada pela arte. Apesar dessa paixão, ao concluir o ensino fundamental optou por cursar na Etec o ensino médio com técnico em Secretariado, área em que decidiu não atuar. Com o passar do tempo, descobriu-se ainda mais apaixonada pelo desenho, e decidiu fazer Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Braz Cubas (UBC). No entanto, ainda não era exatamente o que desejava. Sandra acertou o foco e iniciou então a segunda graduação, dessa vez em Artes Plásticas, também pela UBC.

Em 2008, já formada em Artes Plásticas, Sandra passou no processo seletivo no Sesi e passou a trabalhar como agente de atividades sociais na entidade. Nessa época ela conciliava aulas de arte em escolas do Estado com oficinas de artesanato no Sesi. Apesar de envolver todos os públicos em suas atividades, uma das principais funções era proporcionar o primeiro contato das crianças com a arte.

Foi aos 15 anos que ela teve a primeira experiência como professora. Mais tarde, voluntariou no programa “Doutores da Alegria” e também ensinou artesanato no grupo Vocacional Nossa Senhora do Carmo. Além disso, trabalhou como educadora profissional no Programa Escola da Família e também como monitora de Artes e Artesanato na Secretaria da Cultura de Mogi.

Atualmente, Sandra é agente de Responsabilidade Social do Sesi, uma função que exige muito estudo e dedicação. Além das aulas, oficinas e atividades que já coordenava, na nova etapa, ela está à frente de dois projetos. No primeiro, é responsável pelo desenvolvimento motor e profissional de um grupo de 12 pessoas com deficiências diversas. Nesse programa de inclusão intitulado “Novo Mundo”, Sandra trabalha responsabilidade social, sustentabilidade, teatro e dança. Já o outro projeto consiste em ministrar cursos em empresas parceiras no Alto Tietê e Vale do Paraíba, cujo objetivo é melhorar o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores.

Foi no ano de 2013 que ela realizou mais um de seus sonhos: a conclusão da pós-graduação em Dança e Expressão Corporal pela Faculdade Gama Filho, em São Paulo.

Mesmo atuando em várias áreas, a vontade de empreender era antiga e, por isso, no ano passado, junto de sua madrinha Lourdes Marcondes montou o Ateliê Ephesus, no Jardim Veneza. O local foi pensado para ser um espaço de conhecimento e troca de informação. O principal serviço oferecido por lá é a arte terapia, momento no qual Sandra consegue ler e compreender as pessoas por meio da arte. No ateliê também acontecem oficinas de pintura, desenho, artesanato, crochê e muito mais.

O objetivo de Sandra é continuar conciliando o trabalho no Sesi e no ateliê, já que a jornada dupla tem proporcionado o melhor momento de sua carreira. Um de seus hobbies são os quebra-cabeças, que servem de passatempo para toda a família. Outra paixão da mogiana é viajar e ela gosta também de estar com as amigas. É possível conhecer seus trabalhos na exposição da Lojinha do Ateliê Ephesus. (Heitor Herruso)

Viver em Mogi é… minha referência. Nunca morei em outra cidade.



O melhor da cidade é… Manter o clima de cidade do interior, mesmo crescendo tanto, com várias festas religiosas e quermesses deliciosas.

E o pior… O trânsito e seus congestionamentos.

Sinto saudade… da época da escola, no Instituto Dona Placidina.

Encontro paz de espírito… Pintando!

Para ver e ser visto… Espetáculos e festivais de dança.

Meu prato preferido é… uma bela massa “nadando” no molho.

Livro de cabeceira… Sabedoria em Parábolas (Prof. Felipe Aquino)

Peça campeã do uso do meu guarda-roupa… Roupa preta.

O que não tem preço… A gratidão



Uma boa pedida é… O happy hour das meninas. Sair uma vez ao mês com as amigas do trabalho em plena quarta-feira, para comer e rir muito.

É proibido… Mentir.

A melhor festa é… aquela com toda a família reunida.

Convite irrecusável… um brigadeiro de colher.

O que tem 1001 utilidades… Meu celular.

Meu sonho de consumo é… Ter tempo e dinheiro para viajar muito!

Qual foi o melhor espetáculo da minha vida… Um só? Momentos da viagem à Turquia como o magnífico pôr do Sol no Lago de Sal à -9°C, passear num balão de ar quente na Capadócia e as águas quentes de Pamukkale.

Cartão postal da cidade… Igrejas do Carmo, onde frequento desde a infância.

O que falta na cidade… Estrutura adequada no centro: banheiros públicos e áreas cobertas.

Qual a química da vida… Equilíbrio para conciliar vida pessoal, profissional e social, com um sorriso no rosto.

Deus me livre de… Falsidade, Injustiça e Violência.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone