Da advocacia à fábrica de massas - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CADERNO A

Da advocacia à fábrica de massas

Caderno A, Circuito

Quando se mudou para São Paulo, em 1991, André Carvalho Nogueira não poderia sequer imaginar como estaria sua carreira anos depois. Aos 17 anos foi cursar Direito, na Universidade de São Paulo (USP), onde se formou em 1996. Com mestrado em Direito Financeiro pela London School of Economics e doutorado também pela USP, nos mais de 20 anos que morou na Capital, o mogiano pôde crescer como advogado no meio financeiro. Mas querendo voltar à Cidade e mudar os rumos profissionais, André abriu há aproximadamente quatro anos, ao lado do sócio e chef José Barattino, a Due Grani, uma empresa especializada na fabricação de massas frescas pré-cozidas.
Ainda na universidade, André já começou a estagiar em escritórios de advocacia de São Paulo. Quando se formou, entretanto, começou sua carreira nos bancos e chegou a trabalhar em alguns da Capital. Na sequência foi diretor jurídico em uma trading companie e depois disso esteve no departamento de normas da bolsa de valores, até 2011. No mesmo ano publicou ainda o livro “Regulação do Poder Econômico – A Liberdade Reinventada”. Quando saiu trabalhou em um projeto de uma empresa estrangeira que acabou não indo para frente, foi aí que decidiu que estava na hora de mudar.
De volta a Mogi, o advogado começou a investir no ramo imobiliário, serviço para o qual ainda se dedica. Mas foi em uma conversa informal com Barattino, de quem é amigo há bastante tempo, que surgiu a ideia de criar a Due Grani. O chef já esteve a frente de renomados restaurante de São Paulo e ainda está em um deles e, além disso, sempre gostou muito de fazer massas. Os amigos ficaram, então, durante um ano organizando tudo para que os planos saíssem do papel, até que no final de 2013 a fábrica começou a funcionar.
Por ser um mercado muito competitivo, o mogiano explica que no início surgiram muitos desafios, mas logo no segundo ano as coisas começaram a melhorar. Hoje a marca está consolidada no mercado: a Due Grani foi a escolhida para estar na Vila Olímpica, durante os Jogos Olímpicos. A marca mogiana faz parte também dos eventos da Fórmula 1. No atacado, as massas de André e Barattino podem ser encontradas nos mais renomados hotéis e buffets, da Grande São Paulo, no Alto Tietê e também no Litoral. Já no varejo, pode ser encontrada nos supermercados da Região.
Hoje, a Due Grani é composta por duas versões: a Suprema, mais sofisticada, e a Strabella, com recheios mais tradicionais. Já com a marca bastante conhecida, André explica que a intenção agora é expandir mais para o varejo. Ou seja, a marca da Cidade poderá ser vista com maior frequência nas geladeiras dos mercados. Além disso, o mogiano pensa ainda em voltar a trabalhar como advogado.
Em meio a tantas atividades, quando tem um tempo, André relaxa velejando, mergulhando e tocando violão. Gosta ainda de estar em companhia dos filhos Leticia e Leonardo e também da namorada Regiane Gomes Pereira. (Larissa Rodrigues – Especial para O Diário)

  • Com os filhos Letícia e Leonardo
    af080126 (2)
  • Ao lado do pai, Airton Nogueira, em pescaria no Mato Grosso
    af080126 (3)
  • Com a namorada, Regiane, em Menaggio, na Itália
    af080126 (1)

Curto Circuito

Viver em Mogi é…
Voltar a estar perto da família e dos velhos amigos
O melhor da Cidade é…
Massas Due Grani, a melhor massa do universo conhecido é feita aqui!
E o pior?
Os esgotos a céu aberto que ainda cortam a cidade
Sinto saudade de…
Quando “problema” significava um exercício de matemática
Encontro paz de espírito…
Tocando violão ou velejando
Pra ver e ser visto…
Seja autêntico, íntegro e tenha consideração com as pessoas, verá e será visto (ou não…)
Meu prato preferido é…
Frango com quiabo com um Bourgogne de corpo médio
Livro de cabeceira…
Guimarães Rosa, Grande Sertão: Veredas
Peça campeã de uso do meu guarda-roupa?
Coqueteleira
O que não tem preço?
O sorriso das pessoas que amo
Uma boa pedida é…
Uma caipirinha em frente ao mar
É proibido
Não rir de si mesmo
A melhor festa é…
Difícil dizer, normalmente não nos lembramos dela!
Convite irrecusável…
Tomar um vinho com minha namorada
O que tem 1001 utilidades?
O trabalho
Meu sonho de consumo é…
Voltar a velejar e mergulhar com mais frequência
Qual foi o melhor espetáculo da minha vida?
O nascimento dos filhos
Cartão-postal da Cidade…
Represa de Taiaçupeba
O que falta na Cidade?
Um Sesc, sonho pelo qual meu pai tanto lutou
Qual é a química da vida?
Essa é fácil: composto de carbono!
Deus me livre…
dos acólitos do politicamente correto

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone