Consumidores de Mogi deixam compras do Dia das Crianças para a última hora

As bonecas e carrinhos ainda são os destaques na hora de presentear. (Foto: Eisner Soares)
As bonecas e carrinhos ainda são os destaques na hora de presentear. (Foto: Eisner Soares)

LARISSA RODRIGUES
Mesmo que o Dia das Crianças seja celebrado amanhã, muitos consumidores ainda pesquisavam os presentes ontem, mas deixavam a compra para a última hora. A reportagem de O Diário selecionou, junto a um dos comerciantes, brinquedos em determinadas faixas de preço, já que eles variam bastante. As bonecas e carrinhos ainda são os destaques na hora de presentear, alguns deles fazem parte de coleções, podendo ser comprados em número maior.

Em uma loja do centro, entre os artigos mais em conta – de no máximo R$ 50,00 -, estão muitas miniaturas. É o exemplo das Mini Miudinhas. As bonequinhas, com aproximadamente 15 cm de altura, custam R$ 9,50 e são vendidas em diversos modelos. Com este limite de gasto, há ainda opções de bonecas em variados tamanhos, que custam R$ 12,99; R$ 24,99 e até R$ 49,99, como a Alegra, que faz ‘xixi’.

Dentro desta faixa de preço, os carrinhos e bonecos de super-heróis também são variados. Um homem-aranha é vendido por R$ 18,00, enquanto por um carro do mesmo personagem o valor chega a R$ 20,00. A não ser o de controle remoto, que custa R$ 84,99. Um conjunto de dinossauros pode ser comprado por R$ 24,99. Com carros, caminhões e motos, o consumidor pode gastar entre R$ 30,00 e R$ 47,99.

Com um valor intermediário, acima de R$ 50,00 e até R$ 100,00, a quantidade de produtos também é grande. A boneca Babalu fala 50 frases para divertir a criançada e pode ser comprada por R$ 62,99. Segundo o gerente de uma loja do Centro, Nilton Celestino dos Santos, o produto é bastante procurado. “Muita gente vem comprar este brinquedo, porque, além de ser uma boneca bonita, fala várias coisas”, considerou. O Bee Baby Family é um conjunto com duas bonequinhas e um bonequinho, que sai por R$ 64,99. Existe ainda um posto de gasolina e também o carrinho de controle remoto da Hot Wheels, que custam R$ 64,99 e R$ 56,99, respectivamente.

Ultrapassando os R$ 100,00, há a boneca Bebezão, ao preço de R$ 229,99. Com uma grande demanda, a personagem de TV e também do cinema Ladybug pode ser comprada por R$ 119,99. Uma mesa média do tradicional pebolim custa R$ 124,99.

Vendas

A pesquisa realizada pela Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) aponta uma projeção de 3% a 5% de aumento nas vendas para o Dia das Crianças na comparação com o mesmo período do ano passado.

Para Santos, que também tinha boa expectativa, esse aumento ainda não aconteceu. Ele acredita, entretanto, que os dois últimos dias poderão mudar este cenário. “Não dá para medir exatamente ainda como estão as vendas, mas pelo que vejo está basicamente a mesma coisa do ano passado. Esta quarta e esta quinta devem contar com um movimento maior, porque as pessoas já procuraram o que queriam e vêm mais decididas a comprar. Geralmente são nestes dois últimos dias que a loja fica realmente cheia”, ponderou.

Os resultados da pesquisa revelaram ainda que 66% dos lojistas esperam vender mais neste ano em relação ao apurado em 2016, enquanto 20% se mostram mais cautelosos e projetam o mesmo patamar. “Na atual conjuntura, ficar no positivo já é um bom negócio. Mas a pesquisa mostra que os comerciantes estão otimistas com a reação que a economia tem demonstrado e, principalmente, apostam no potencial do Dia das Crianças, data que tem se revelado cada vez mais forte para o comércio, com reflexos em todos os setores”, destacou Silvio Moraes, diretor de Eventos da ACMC.