Condemat pede reforço no efetivo da Polícia Civil no Alto Tietê - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CIDADES

Condemat pede reforço no efetivo da Polícia Civil no Alto Tietê

Cidades, DESTAQUE

Direção do Consórcio entregou solicitação ao delegado geral em SP. (Foto: Divulgação)

Direção do Consórcio entregou solicitação ao delegado geral em SP. (Foto: Divulgação)

O pedido de reforço do efetivo da Polícia Civil na Região foi reforçado pela direção do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) junto ao Governo do Estado. A meta é reduzir o déficit existente hoje na maioria das cidades.

O prefeito Adriano de Toledo Leite (PR), presidente do Condemat, e o deputado estadual André do Prado (PR), coordenador da Frente Parlamentar de Apoio aos Municípios do Alto Tietê, se reuniram ontem com o delegado-geral de Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, na Capital, para solicitar que a Região seja contemplada o quanto antes com reforço nas equipes que atuam nas delegacias e outros departamentos.

“Expomos ao delegado, mais uma vez, a necessidade de aumento do efetivo em vista dos desfalques. Há novos policiais em formação e é fundamental que as cidades do Alto Tietê recebam reforços para combater a criminalidade, inclusive em conjunto com outras ferramentas que as prefeituras disponibilizam”, ressaltou o presidente do Condemat.

Na audiência, o delegado-geral se mostrou sensível às necessidades apresentadas pelo Condemat e se comprometeu a analisar a demanda, visto que há novas turmas sendo formadas na Acadepol (Academia de Polícia). A solicitação do Consórcio é para reforço em todos os cargos da Polícia, em especial, escrivães, investigadores e delegados, que atuam diretamente nos plantões policiais.

“Apresentamos ao delegado-geral a necessidade do envio de mais delegados, investigadores e escrivães para as delegacias do Alto Tietê. É uma necessidade permanente e um reforço fundamental para que a Polícia Civil possa ampliar seu trabalho de investigação em nossa Região. Vamos acompanhar este pedido junto ao Governo do Estado para que ele seja contemplado”, ressaltou Prado.

As últimas estatísticas criminais do Alto Tietê apontam crescimento em alguns tipos de crimes na Região, em especial, de roubos em geral e de veículos.

A reunião de hoje foi acompanhada também pelo coordenador da Câmara Técnica de Segurança do Condemat, Edson Pinto de Moraes. “Esperamos, em breve, ter uma resposta positiva para a Região”, conclui.

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone