Articulações de bastidores tentam inviabilizar Komura - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           INFORMAçãO

Articulações de bastidores tentam inviabilizar Komura

Informação

O acordo firmado no início do atual mandato entre os vereadores mogianos para dividir o comando da Câmara Municipal entre as principais bancadas, durante os próximos quatro anos, corre o risco de vir a ser rompido, segundo comentários que circulam junto a alguns vereadores, pouco afeitos ao nome de Pedro Komura, tido como o virtual candidato a ser lançado pelo PSDB para disputar a vaga que hoje pertence a Carlos Evaristo (PSD). Conforme ficou estabelecido nos entendimentos havidos no período pós-eleitoral, o cargo de presidente ficaria dividido entre o PSD, PSDB, PR e PMDB, nos quatro anos da atual legislatura. Com o término do mandato de Evaristo, seria a vez de os tucanos assumirem o comando da Câmara, mas a julgar pelos comentários internos, a oposição a Komura estaria sendo incentivada por um grupo de vereadores que desejariam “melar” o acordo, de forma a abrir espaço para outras legendas, não contempladas com participação na negociação. Como o PV e o PT, por exemplo. Estaria contribuindo para isso o fato de Komura manter certo distanciamento dos vereadores, por conta de seu jeito introvertido, que estaria fazendo com que ele se aproximasse muito mais dos colegas de bancada que dos integrantes de outros partidos. Uma explicação pouco convincente, por se tratar de alguém que está na Câmara há muito tempo, sendo considerado atualmente o decano entre os atuais vereadores. Além disso, Komura tem se mostrado bom de voto e com capacidade de articulação suficiente para se manter por tanto tempo junto ao Legislativo. Diante de tais fatos, tudo indica que as tratativas de bastidores não ultrapassem o campo das articulações individuais de um ou outro vereador. Caberá ao próprio Komura demolir de vez tais especulações, passando a cuidar, desde já, de sua candidatura a presidente.

Boa notícia
Após permanecer internado durante 42 dias na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, vítima de complicações respiratórias, o empresário Claudio Costa retornou para o quarto, onde está sendo submetido a sessões contínuas de fisioterapia para se recuperar do longo período de inconsciência. Seus familiares informam que ele passa muito bem e reage progressiva e positivamente aos tratamentos, já fazendo planos para retornar à casa, em Mogi, e às atividades profissionais. Costa está internado desde o dia 29 de maio último.

Demissionário
Alegando “necessidade de tempo para sanar problemas de saúde”, o secretário de Segurança Urbana de Poá, Nobuo Aoki Xiol, pediu exoneração do cargo, o que foi aceito pelo prefeito Gian Lopes (PR). O secretário-adjunto, Alcides Dias Corrêa Neto, assumiu o comando do setor. Nos meios políticos poaenses comenta-se que muito mais do que eventuais problema com a saúde, a falta de recursos para a pasta teria influído definitivamente em sua decisão.

Choro novo
Terá nome de Catarina a filha do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto e da advogada Dana Vidal, nascida no último dia 8, no Hospital São Luís, em São Paulo A pequena antecipou a chegada, o que a obriga permanecer por mais algum tempo no hospital, mesmo apresentando ótimas condições de saúde. Presente antecipado para o dirigente do PR, que completa 68 anos, em 11 de agosto próximo. Dana tem 37.

Informe
O vereador Caio Cunha (PV) está divulgando a prestação de contas dos primeiros seis meses de atividades de seu atual mandato hardwork (trabalho duro). Ele cita, entre outros, os trabalhos em favor da criação do polo digital, regulamentação do transporte por aplicativos, curso de libras no Crescer, proibição de fogos barulhentos, desconto no IPTU para imóveis ecológicos, regulamentação do descarte de lixo em ruas comerciais, banco de dados para aprimorar mobilidade urbana. Ao todo, 266 indicações e ofícios, nove projetos, seis anteprojetos, dois requerimentos e uma moção.

Cotidiano

NO AR  Parapente decola do alto da Serra do Itapeti aproveitando a  sexta-feira de muito sol para um voo em direção da Baixada Santist. (Foto: Elton Ishikawa)

NO AR Parapente decola do alto da Serra do Itapeti aproveitando a
sexta-feira de muito sol para um voo em direção da Baixada Santist. (Foto: Elton Ishikawa)


Frase
Não é a Lava Jato que vai mudar o País. O que muda o País são as instituições mais fortes.
Juiz Sérgio Moro, em artigo sobre o custo da corrupção, na Revista Exame, em 2015



Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone