Alta velocidade e falha no freio causaram acidente com fretado, diz polícia

Peças do ônibus estão sendo analisadas. (Foto: Reprodução/ Facebook)
Peças do ônibus foram analisadas pela perícia. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Alta velocidade e falha nos freios são as causas do acidente com o ônibus 4900 da Linha 12 na Mogi-Bertioga, em 8 de junho, que resultou na morte de 17 estudantes e o motorista do fretado. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, nesta sexta-feira (24).

A perda de freio no ônibus é resultado de um “desgaste no tambor dos freios dianteiros do veículo, por conta de manutenção inadequada”, disse o secretário.

A União do Litoral, empresa que opera a linha, informou que não foi comunicada do resultado da perícia.

As informações completas sobre a perícia do veículo, você confere na edição impressa de O Diário, deste sábado.

NATAN LIRA