A tecnologia fez a sua cabeça - O Diário - Mogi das Cruzes , Suzano e Região do Alto Tiete
Fechar

           CIRCUITO

A tecnologia fez a sua cabeça

Circuito

Foi no curso de administração de empresas que Daisy Eboli se encontrou na disciplina de informática e não parou mais. Hoje, ela leciona na mesma UMC, onde se formou, e presta consultoria como técnica na área / Foto: Eisner Soares

Foi no curso de administração de empresas que Daisy Eboli se encontrou na disciplina de informática e não parou mais. Hoje, ela leciona na mesma UMC, onde se formou, e presta consultoria como técnica na área / Foto: Eisner Soares

Na infância, os hobbies de Daisy Eboli eram o balé e o piano e poderiam até influenciar em sua carreira. Mas não foi o que aconteceu. Ela acabou indo para um lado totalmente oposto. Formada em Administração de Empresas pela Universidade de Mogi das Cruzes, em 1986, os computadores a conquistaram e ela trabalha no ramo desde então. Hoje, ela é professora na mesma UMC, além de prestar consultoria como técnica em informática.
Logo que seu pai Aristophanes Cataldo Eboli faleceu, Daisy viu a necessidade de ajudar sua mãe Dadi Eboli a administrar os bens familiares. Por isso, decidiu qual curso faria na universidade. Dentro da administração, uma das disciplinas era a informática. Assim ela foi descobrindo para que área realmente gostaria de seguir. No último ano da graduação começou então a trabalhar em uma empresa da área e não parou mais. Sendo assim, Daisy conta hoje com uma experiência de 30 anos.
Três anos após se formar começou a dar aulas da faculdade. Como professora chegou a fazer uma pausa de 10 anos, mas voltou a lecionar. Agora, ela tem alunos nos cursos de Informática, Arquitetura e Engenharia Civil, onde é responsável pela matéria de gestão de projetos, assunto no qual ela se especializou. Como durante toda sua carreira implantou sistema em diversas empresas, teve de aprender a administrar melhor o tempo, o custo, os riscos e diversos outros fatores.
Dentro das salas da universidade, Daisy explica que faz com que os alunos tentem ter um olhar cada vez mais empreendedor. Ela considera que para os engenheiros civis, por exemplo, é indispensável um olhar cada vez mais focado para a gerência. Por isso, a importância do gerenciamento de projetos.
Quando assistiu a um seminário sobre a gestão de projetos percebeu que aquilo seria imprescindível para que pudesse atender cada vez melhor aos seus clientes. Além de cumprir o calendário letivo da instituição, ela ainda trabalha fora dele. Durante as férias da UMC ela deve ministrar dois cursos: um direcionado para a gestão de projetos e outro sobre um software especializado pela mesma área. Como consultora de T.I. ela atende ainda clientes da Cidade, da Capital e também de outros estados. Ela também atende empresas não só para a instalação de sistemas, mas também para dar aulas aos funcionários.
Mestre em Engenharia Biomédica desde 2014, a professora faz agora seu Doutorado, na mesma Engenharia. Para ser doutora, ela deve continuar estudando nos próximos três anos. Passando grande parte do seu tempo dentro da universidade, para estudar e trabalhar, Daisy aproveita quando pode para ficar em casa. Ela gosta, principalmente, de cozinhar, além de aproveitar o tempo com os filhos Camilla e Paulo e a sobrinha Erika, considerada por ela uma filha. (Larissa Rodrigues – Especial para O Diário)

Com o namorado, Loris Verona

Com o namorado, Loris Verona

Com os filhos

Com os filhos

Curto Circuito

Viver em Mogi é…
Estar entre amigos.
O melhor da Cidade é…
Localização e a qualidade de vida.
E o pior?
Precisamos de mais centros de lazer, cultura e mais música.
Sinto saudade da…
Minha mãe.
Encontro paz de espírito…
Em casa com minha família.
Pra ver e ser visto…
Um espetáculo de balé clássico.
Meu prato preferido é…
Qualquer um desde que esteja bem acompanhada.
Livro de cabeceira…
Atualmente estou estudando uma coletânea de gerenciamento de projetos da FGV.
Peça campeã de uso do meu guarda-roupa?
Calça jeans e camiseta básica.
O que não tem preço?
A paz
Uma boa pedida é…
Sair pra dar muita risada com meus amigos.
É proibido…
Mentir
A melhor festa é…
As que o Willy Damasceno promove. São sempre ótimas. Adoro.
Convite irrecusável…
Quando meu namorado me chama pra sair.
O que tem 1001 utilidades?
Minha bolsa, vocês não imaginam o tanto de coisa que tem la dentro, rs
Meu sonho de consumo é…
Fazer um curso fora do país.
Qual foi o melhor espetáculo da minha vida?
O nascimento dos meus filhos
Cartão-postal da Cidade…
A descida da Serra na Mogi Dutra… A vista é linda
O que falta na Cidade?
Shoppings bons.
Qual é a química da vida?
Não se apegar nas pequenas coisas que nos deixam triste. Seja feliz no dia a dia.
Deus me livre de…
Gente que não gosta de trabalhar e fica grudado em alguém só pra tirar proveito de alguma coisa. A preguiça é um mal que não tolero

Compartilhe nas redes sociais...Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Email this to someone